Ilha do farol

à Beatriz

Símbolo e um sonho
Singular e tristonho
Tanto quanto fugaz
Por demais avançado
Testemunho calado
Almejando a paz

Ontem, reflexo de vida
Hoje, de vida perdida
Ontem, por ela proclamado
Hoje, nem sequer lembrado

Ela me fez gostar
Viver e a tudo amar
Arrancou-me a dor
E a alegria semeou
Porém, não me ensinou
Como viver sem seu amor

No coração acumulado
O amor estereotipado
Vivo triste e não sabia
Que ser feliz é utopia…