Alucinógeno

Coração drogado
Me dito teu nome. Uma, duas, três vezes
Esse som alucinógeno.
Amar assim simplesmente.
Deixo o amor fluir lentamente em meu pensamento
Correr todo meu corpo e te exalar pelos poros até extasiar
Assim, vou me desfazendo em nada
As células se chocam tontas
Os pensamentos perdidos não sabem o que fazer
Explodem bombas de lembranças em mega tons anarco íris
Numa hecatombe de saudades entre miríades de felicidades…

Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp